0

Dois supostos membros da Al-Qaeda são mortos no sul do Iêmen

21 abr 2013
07h37
atualizado às 08h31
  • separator
  • 0
  • comentários

As forças iemenitas bombardearam neste domingo um armazém de armas e mataram dois supostos membros da rede terrorista Al Qaeda na província meridional de Marib, anunciou o Ministério da Defesa iemenita.

O Ministério explicou em um breve comunicado que o ataque causou a destruição do armazém de armas, enquanto se desconhece até o momento a identidade dos dois supostos membros da Al-Qaeda falecidos.

Marib, situada a 190 quilômetros ao sudeste de Sana, é uma das fortificações da Al-Qaeda no Iêmen.

A atividade da Al-Qaeda e seus grupos se recrudesceu desde que explodiu em 2011 a revolta contra o regime do então presidente Ali Abdullah Saleh, cuja saída definitiva do poder aconteceu em fevereiro do ano passado, quando foi substituído por Abdo Rabbo Mansour Hadi.

Desde então, o Exército iemenita está envolvido em uma operação antiterrorista na qual conta com o apoio de "drones", aviões de combate não tripulados dos Estados Unidos.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade