3 eventos ao vivo

Crise no Iraque: EUA condenam massacre 'horrendo' em Tikrit

15 jun 2014
19h29
atualizado às 20h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O governo americano condenou neste domingo o "horrendo" massacre cometido pelos militantes jihadistas, que disseram ter matado cerca de 1,7 mil membros da Força Aérea iraquiana na cidade de Tikrit, ao norte.  "A reivindicação feita pelos combatentes do Estado Islâmico no Iraque e no Levante (EIIL), segundo a qual massacraram 1,7 mil recrutas xiitas da Força Aérea iraquiana, é uma horrenda e verdadeira demonstração da sede de sangue que esses terroristas têm", criticou o departamento de Estado americano, em nota divulgada pela porta-voz da pasta, Jennifer Psaki.

Fotos publicadas na internet indicam que dezenas de membros do Exército iraquiano capturados foram executados por terroristas do Estado Islâmico no Iraque e Levante (EIIL). As fotos, disponibilizadas pelo próprio grupo, foram obtidas por agências de notícias, mas não puderam ter sua autenticidade comprovada.

Os insurgentes dizem ter tirado as fotos, publicadas no Twitter, na província de Saladino, ao norte da capital Bagdá. Os jihadistas indicam na legenda de uma das fotos que executaram centenas de soldados.

 

Veja também:

'Sou acusada de sequestrar meu próprio filho branco adotado'
AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade