0

Confronto na fronteira de Israel e Líbano deixa 4 mortos

3 ago 2010
07h57
atualizado às 11h34

Um jornalista libanês e três soldados do Exército do Líbano morreram nesta terça-feira, depois de uma troca de disparos entre as forças militares israelenses e libanesas na região da fronteira entre os dois países, disse uma fonte da segurança à agência Reuters. A televisão Al Manar do Hezbollah havia dito anteriormente que um alto oficial do Exército israelense também foi morto, nas primeiras baixas militares ocorridas desde a guerra de 2006 entre Israel e Hezbollah.

Soldado israelense ferido é levado de maca para ser transferido em helicóptero-ambulância, em Kiryat Shmona
Soldado israelense ferido é levado de maca para ser transferido em helicóptero-ambulância, em Kiryat Shmona
Foto: Reuters

Soldados libaneses e israelenses se enfrentaram com armas automáticas e disparos de foguetes na fronteira entre ambos países, informou à AFP um porta-voz do exército e um dirigente da segurança libanessa. "Os soldados israelenses atiraram primeiro e os libaneses responderam", afirmou o representante.

Segundo informaram à agência Efe fontes militares, a situação na área se acalmou depois do choque de artilharia e armas leves entre os Exércitos dos dois países. "Uma patrulha das Forças de Defesa de Israel que estava em território israelense entre a linha azul e a barreira de segurança recebeu fogo procedente do Líbano", disse à agência Efe um porta-voz do Exército.

O porta-voz militar negou que o enfrentamento tivesse sido originado a partir do lançamento de um foguete contra a Galileia e ressaltou que "não caiu nenhum projétil em território israelense".

Com informações das agências Efe, AFP e Reuters.

Fonte: Redação Terra
publicidade