PUBLICIDADE

Bahrein desarticula suposta rede terrorista ligada ao Irã

17 fev 2013 06h52
| atualizado às 06h58
ver comentários
Publicidade

As autoridades do Bahrein desarticularam uma suposta rede terrorista com vínculos com o Irã e outros países da região, informa hoje o Ministério do Interior em comunicado.

Segundo a nota, os corpos de segurança detiveram "recentemente", em cooperação com um Estado vizinho, um grupo terrorista, composto por oito cidadãos bareinitas.

As investigações revelaram que os detidos tinham viajado para Irã, Iraque e Líbano, e que receberam treinamento sobre o uso de armas e explosivos, além de apoio econômico.

O Ministério ressaltou que "a responsabilidade nacional exige a rejeição da violência de todo tipo como uma postura clara e tangível e não só através de denúncias verbais".

Desde 14 de fevereiro de 2011, o Bahrein, um pequeno reino do Golfo Pérsico, é palco de protestos antigovernamentais por parte da maioria xiita contra a monarquia sunita governante.

O Irã, um Estado com cerca de 90% de população xiita e regido por um regime teocrático, manifestou seu apoio aos protestos do Barein e condenou a repressão.

EFE   
Publicidade
Publicidade