0

Atentado contra consulado indiano no Afeganistão mata 9 pessoas

3 ago 2013
06h07
atualizado às 09h42
  • separator
  • 0
  • comentários

Homens-bomba atacaram o consulado indiano em Jalalabad, capital do leste do Afeganistão, neste sábado, matando nove pessoas, incluindo crianças, principalmente em uma mesquita adjacente, disseram autoridades. O ataque deixou 23 pessoas feridas.

Esta é a terceira vez que uma delegação diplomática indiana no Afeganistão é atacada
Esta é a terceira vez que uma delegação diplomática indiana no Afeganistão é atacada
Foto: AP

Guardas em um posto de controle pararam um carro com três pessoas quando se aproximava do edifício por volta das 10h (horário local), disse o gabinete do governador da província de Nangarhar, Gul Agha Sherzai, em um comunicado.

Dois dos homens saíram de automóvel e um tiroteio começou, enquanto o terceiro homem ficou dentro do veículo e detonou os explosivos. A explosão atingiu a mesquita e várias casas e pequenas lojas na área.

Fontes do hospital para onde as vítimas foram levadas disseram à agência afegã AIP que a maioria de mortos e feridos são civis. O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Índia, Syed Akbaruddin, escreveu no Twitter que todo o pessoal indiano do consulado está a salvo.

Cinco pessoas participaram do ataque, uma delas morreu na explosão e outra no tiroteio com as forças de segurança, explicou Ahmad Zia Abdulzai, porta-voz do governo da província de Nangarhar, a AIP.

De acordo com Abdulzai, os outros três terroristas se refugiaram em uma mesquita próxima e ainda não se sabe se foram mortos ou capturados. Os talibãs negaram qualquer envolvimento no fato.

"Nem a explosão, nem o tiroteio foram realizados pelos talibãs. Negamos completamente qualquer relação com o incidente", disse o porta-voz da insurgência, Zabihula Mujahid, a AIP.

Esta é a terceira vez que uma delegação diplomática indiana no Afeganistão é atacada. Em 2008, um ataque contra a embaixada da Índia em Cabul causou 50 mortes e, um ano mais tarde, um novo atentado contra a mesma sede diplomática provocou 17 mortes.

A Índia investiu no Afeganistão US$ 2 bilhões em projetos de infraestrutura, como estradas e hospitais. As tropas de combate da Otan estão em pleno processo de retirada do Afeganistão e transferirem gradualmente a competência da segurança para a polícia e o Exército do país asiático.

Nos últimos meses, o número de civis e policiais afegãos mortos em conflito aumentou, enquanto as vítimas entre as tropas internacionais diminuíram. Além disso, os ataques suicidas e coordenados também aumentaram sua freqüência.

A retirada da Otan será concluída em 2014, se os prazos previstos forem cumpridos, mas a comunidade internacional ainda cogita manter uma certa presença militar em solo afegão após essa data.

Com informações de agências internacionais.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade