0

Ataques no Iraque deixam 18 pessoas mortas e 39 feridas

3 mai 2013
08h46
atualizado às 10h07
  • separator
  • 0
  • comentários

Pelo menos 18 pessoas morreram e 39 ficaram feridas em diferentes atos de violência registrados nesta sexta-feira no Iraque, informaram fontes policiais.

Entre as vítimas fatais, pelo menos nove são policiais. Homens armados atacaram nesta manhã vários postos de controle da polícia federal em diferentes pontos de Mossul, a 400 quilômetros ao norte de Bagdá, deixando nove agentes mortos e seis feridos.

A mesma fonte acrescentou que em outra ação um grupo atacou um posto do Exército iraquiano no bairro Al Arabi, no oeste de Mossul. Os militares mataram quatro dos agressores e o restante conseguiu escapar.

Além disso, pelo menos cinco pessoas morreram e outras 30 ficaram feridas hoje em um ataque com carro-bomba contra uma mesquita sunita em Al Rashdiya, no norte de Bagdá, segundo uma fonte policial.

A bomba explodiu próximo à mesquita de Al Gufran ao final da oração do meio-dia da sexta-feira, a mais importante da semana para os muçulmanos.

O ataque provocou também danos materiais em vários veículos estacionados próximo do templo.

Em outro atentado, dois agentes de segurança ficaram feridos pela explosão de uma bomba na passagem de uma patrulha em Sabaa al Bur, no norte de Bagdá.

Em Bagdá, outro agente de segurança ficou ferido pela explosão de uma bomba colocada sob seu veículo.

Segundo informou ontem a Unami, a missão da ONU no país árabe, o mês de abril foi o mais sangrento no Iraque desde junho de 2008, com 712 mortos e 1.633 feridos em atos de violência.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade