0

Ataque contra casa de deputado sírio deixa ao menos 20 mortos

18 jun 2013
10h52
atualizado às 11h08

Pelo menos 20 pessoas morreram nesta terça-feira em um ataque perpetrado com mísseis Grad contra a casa de um deputado partidário do regime de Bashar al Assad na província de Idlib, no norte da Síria, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Os projéteis impactaram contra a casa de Ahmed al Mubarak, parlamentar e xeque do clã Bani Ezz, na cidade de Abu Dala, a 40 quilômetros da cidade de Maaret al Nuaman, em Idlib.

O deputado, conhecido por seu apoio ao regime do presidente sírio, Bashar al Assad, saiu ileso do ataque, mas perdeu um irmão entre os mortos.

Ativistas explicaram ao Observatório que depois do impacto dos mísseis explodiu um caminhão-tanque com gasolina que estava dentro do complexo residencial.

Os opositores culparam o regime pelo episódio, apesar de reconhecerem que há poucos dias combatentes do rebelde Exército Livre Sírio (ELS) assassinaram um assistente do parlamentar.

Por outra parte, grupos de ativistas disseram que os combates entre forças governamentais e insurgentes se intensificaram hoje nos arredores do heliporto de Al Kuires, situado na província setentrional de Aleppo e também cenário de bombardeios do regime.

Pelo menos 93 mil pessoas morreram desde o início do conflito na Síria em março de 2011, segundo os últimos dados da ONU.

EFE   
publicidade