0

Ao menos 29 morrem em bombardeios no noroeste da Síria, diz ONG

15 jul 2013
06h07
atualizado às 07h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Pelo menos 29 pessoas morreram em bombardeios e ataques aéreos do regime sírio na noite de domingo na província de Idleb, na região noroeste da Síria, controlada em grande parte pelos rebeldes.

"Vinte e nove pessoas morreram, incluindo oito mulheres e seis crianças, em ataques aéreos e disparos de foguetes no domingo à noite em Idleb", informou nesta segunda-feira o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Os militares executaram cinco ataques, incluindo um com foguetes contra o vilarejo de Maghara que matou 13 pessoas.

Os ataques aconteceram pouco antes do 'iftar', a refeição que marca o fim do jejum diário muçulmano durante o Ramadã, segundo a ONG, que tem sede em Londres e que recebe informações de uma rede de militantes, advogados e médicos no país.

O ataque contra Maghara foi o mais violento, mas o OSDH também registrou seis mortes em Al-Bara, quatro em Basamis, três em Kfar Nabl e três em Iblin.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade