2 eventos ao vivo

Por mensagem de texto, australiana descobre que tem Aids

Jovem portadora do vírus mudou algumas coisas em sua rotina, tais como ter de tomar duas pílulas por dia e se interessar, de forma apaixonada, por advogar dentro da área

11 nov 2014
11h09
atualizado às 11h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Abby Landy descobriu que havia contraído o vírus há três anos por uma mensagem de celular
Abby Landy descobriu que havia contraído o vírus há três anos por uma mensagem de celular
Foto: Daily Mail / Reprodução

Uma jovem australiana viu o rumo de sua vida mudar após receber uma mensagem de texto de um homem com que estava saindo há duas semanas. Segundo o Daily Mail, Abby Landy, de Sydney, teria tentado terminar o relacionamento entre os dois por estar insatisfeita, ao que ele respondeu pelo celular “você vai se lembrar de mim para sempre”.

Landy contou que, depois de sair com o homem por duas semanas, percebeu que ele estava se tornando mais violento e ela tinha ficado doente. Por causa da mensagem e por ter tido sintomas – tais como herpes e resfriados, decidiu, aos 23 anos, fazer o exame para HIV. “Minha ginecologista disse que não era necessário o exame, mas insisti. Contei sobre a mensagem e disse que estava desconfiada”, contou.

Após alguns dias, descobriu que seu exame tinha dado positivo. A australiana, hoje com 26 anos, afirmou que ser portadora do vírus mudou algumas coisas em sua rotina, tais como ter de tomar duas pílulas por dia e se interessar, de forma apaixonada, por advogar dentro da área. A jovem disse que quer desconstruir a imagem dos infectados como sendo "homens gays" e alertar aos outros jovens sobre a proximidade do vírus.

“Percebi que, entre as pessoas vivendo com HIV, sou uma das sortudas, pois sou jovem  e educada, com bom acesso à saúde”, disse.

Sobre o aumento do número de jovens na casa dos 20 anos contraindo o vírus na Austrália, Landy considera que existe um pensamento de que “a Aids não me afeta”. “Até que eu tivesse o diagnóstico, isso não era algo que eu realmente pensava... Imagino que outros jovens são assim, não é algo que achamos que nos afeta”.

Abby participou de um documentário que será lançado na Austrália no dia 19 de novembro que mostra a vida das pessoas infectadas pelo vírus do HIV. 

Veja também:

Maior edifício impresso em 3D da Europa está em construção
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade