Sites relacionados
João Paulo II


Fale conosco

 Notícias por e-mail
O Novo Papa
Segunda, 25 de abril de 2005, 07h55  Atualizada às 10h48
Rezei para alguém mais forte ser eleito, diz Papa
 
AP
Papa abençoa alemães durante audiência no Vaticano
Papa abençoa alemães durante audiência no Vaticano
Saiba mais
» Rezei para alguém mais forte ser eleito, diz Papa
» Bento XVI retoma na quarta audiências do Papa
» Papa assegura que irá 'em breve' a Baviera
» 'Meu programa é ouvir Deus', diz Papa Bento XVI
» Sodano continuará sendo secretário do Vaticano
» Joseph Ratzinger é eleito o novo papa
» Perfil: conheça o Sumo Pontífice
Multimídia
Animações
» Como se elege o novo papa
Animações
Áudio e vídeo
» Papa quebra protocolo e desfila de papamóvel
» Papa diz que veio para servir, não reverenciado
Galeria de fotos
» Bento XVI recebe fiéis alemães
» Papa Bento XVI conduz sua missa inaugural
» Presentes comemoram missa inaugural
» Papa Bento XVI passeia de papamóvel
 Últimas de O Novo Papa
» Papa defende paz e direito de existir de Israel
» Casa de Bento XVI vira maquete para trenzinhos elétricos
» Papa Bento XVI visitará Polônia em junho de 2006
» Vaticano exclui homossexuais do sacerdócio
O papa Bento XVI disse hoje que, durante o conclave do qual saiu eleito papa, rezou para que os cardeais escolhessem alguém mais forte do que ele. "Rezei ao Senhor para que elegesse alguém mais forte do que eu, mas nessa oração evidentemente Ele não me escutou", disse o pontífice durante um encontro na Sala Paulo VI do Vaticano com cerca de 5 mil alemães após reunião com representantes das Igrejas cristãs e de outras religiões, incluindo muçulmanos.

» Veja fotos do encontro com os alemães
» Veja fotos da missa inaugural
» Fórum: opine sobre a escolha do Papa
» Vídeo: Bento desfila de papamóvel descoberto
» Vídeo: Papa inaugura pontificado com missa para 350 mil

"Quero dizer algo sobre o conclave sem violar o segredo: nunca pensei ser eleito nem fiz nada para que fosse assim, mas quando lentamente o desenvolvimento das votações se aproximava e apontava para mim, pedi a Deus que me evitasse esse destino". "Os caminhos do Senhor não são cômodos, mas não somos feitos para a comodidade, portanto, só pude dizer sim para a eleição", afirmou em sua intervenção improvisada em alemão diante de seus compatriotas.

Bento XVI, 78 anos, revelou que esperava passar seus últimos anos de vida recluso e em paz. "Pensava -acrescentou- que meus trabalhos nesta vida tinham terminado e que teria anos de mais tranqüilidade".

Antes de fazer essas revelações, o papa Bento XVI realizou sua primeira audiência pública. Cerca de cinco mil pessoas, com bandeiras alemãs e da Baviera, sua terra natal, aclamaram e aplaudiram o Pontífice durante os quatro minutos em que percorreu toda a Sala Paulo VI antes de chegar ao palanque. "Há 23 anos estou em Roma, mas sou da Baviera", disse o Pontífice em alemão aos presentes, antes de se desculpar por ter chegado atrasado.

Em seu pronunciamento diante de seus compatriotas, além de se referir a sua eleição, mostrou-se muito feliz com a viagem que fará em agosto à cidade alemã de Colônia, onde será realizada a Jornada Mundial da Juventude. Ao término da audiência pública, o cardeal alemão Friedrich Wetter, seu sucessor como arcebispo de Munique, entregou uma cruz de ouro a Bento XVI como presente das dioceses da região de Baviera.

Antes disso, entretanto, Bento XVI se reuniu, na Sala Clementina do Vaticano, com os representantes das Igrejas cristãs e de outras religiões que têm participado dos atos de início de seu pontificado, no qual reafirmou o ecumenismo e o diálogo ecumênico como alvos básicos de seu papado.

Hoje à tarde, Joseph Ratzinger irá à basílica de São Paulo Extramuros para ressaltar que, junto a São Pedro, o Apóstolo dos Gentis é o fundador da Igreja de Roma.

Ontem, Bento XVI celebrou o início de seu pontificado com uma missa em frente à Praça São Pedro para mais de 500 mil pessoas.

» Leia todas as notícias sobre a sucessão
 

EFE

Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.