inclusão de arquivo javascript

 
 

Adele vende o maior número de álbuns no ano desde 2004

27 de dezembro de 2011 19h35 atualizado em 28 de dezembro de 2011 às 07h22

Adele esteve no topo das paradas com sucessos como 'Rolling in the Deep'. Foto: Arquivo/Reuters

Adele esteve no topo das paradas com sucessos como 'Rolling in the Deep'
Foto: Arquivo/Reuters

O álbum 21, de Adele, foi o mais vendido do ano, já que músicas de sucesso como Rolling in the Deep e Someone Like You estiveram no topo das paradas de 2011. O que surpreende é que o disco, lançado pelo selo britânico independente XL Recordings, vendeu mais de 5 milhões de cópias.

A última vez que um álbum chegou ao topo das paradas de final de ano com mais de 5 milhões de cópias vendidas foi em 2004, quando Confessions, de Usher, vendeu mais de 7,9 milhões de exemplares, segundo dados da Nielson Soundscan.

De fato, a previsão é de que as vendas no setor musical em geral encerrem 2011 com uma alta de mais de 3% em comparação a 2010. Não por coincidência uma alta semelhante foi registrada pela última vez em 2004.

O novo ânimo nas vendas é uma boa notícia para a indústria musical. Um aumento de 1% nas vendas digitais em 2010 criou pânico geral de que o formato havia chegado à estagnação.

O analista da Nielson, David Bakula, atribuiu a retomada ao poder das músicas lançadas, além da maior agressividade com preços e promoções por parte das lojas.

A venda de álbuns em formato de CD ainda supera a venda em formatos digitais, em uma proporção de 2 para 1. Mas as vendas totais de músicas, incluindo singles digitais, agora estão em nível equivalente, sendo metade em CD e metade em versão digital.

Reuters
Reuters - Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.