inclusão de arquivo javascript

 
 

EUA retiram Nelson Mandela da lista de terroristas

02 de julho de 2008 09h31 atualizado em 14 de julho de 2008 às 17h49

O presidente americano George W. Bush assinou o projeto de lei que retira o ex-presidente sul-africano e ganhador do Nobel da Paz, Nelson Mandela, da lista de terroristas dos Estados Unidos, informou nesta quarta-feira o jornal britânico The Telegraph. A decisão acontece às vésperas do 90º aniversário do líder da África do Sul, que será comemorado no dia 18 de julho.

Mandela e o partido do qual ele fazia parte, African National Congress (ANC), foram colocados na lista americana de terroristas pelo ex-presidente Ronald Reagan da década de 1980. "Os Estados Unidos estão perto de se livrar da grande vergonha de desonrar este grande governante ao incluí-lo na lista de terroristas do governo", disse o senador John Kerry após a aprovação do projeto.

Quando um projeto similar passou pelo Congresso americano no mês passado, a representante democrata Barbara Lee disse que estava "especialmente satisfeita por este importante passo para finalmente consertar este imperdoável erro". Em abril, a secretária de Estado Condoleezza Rice encorajou o Senado a remover as restrições impostas ao partido sul-africano ANC.

Segundo Condoleezza, este assunto a deixava "embaraçada" diante do ministro de relações exteriores da África do Sul. Segundo o Telegrapf, antes de ter seu nome removido da lista, Mandela tinha recebido uma certificação especial dos Estados Unidos informando que ele não é um terrorista. Mandela recebeu o Nobel da Paz em 1993 e foi presidente da África do Sul entre 1994 e 1999.

Redação Terra