inclusão de arquivo javascript

 
 

Vulcão Vesúvio ameaça novamente Pompéia

19 de fevereiro de 2004 16h40

O vulcão Vesúvio, que há mais de 2 mil anos matou 3 mil habitantes de Pompéia e deixou a cidade italiana escondida durante séculos, está ameaçando os moradores mais uma vez. Autoridades italianas estão oferecendo o equivalente a R$ 90 mil para os moradores da encosta do vulcão irem para um local mais seguro.

As equipes que monitoram as atividades do Vesúvio afirmam que ele pode entrar em erupção a qualquer momento. Atualmente, Pompéia tem uma população de 600 mil habitantes. De acordo com a Globonews poucas pessoas demonstraram interesse me deixar suas casas.

A história de Pompéia
Os primeiros vestígios da fundação de Pompéia datam do século VII a.C. Segundo os arqueólogos, o primeiro núcleo de habitantes se instalou 25 metros acima do nível do mar, numa margem do rio Sarno e a poucos metros da praia. Durante os primeiros séculos, Pompéia recebeu a influência das civilizações gregas e etruscas, que dominavam a atual região da Campânia, no sul da Itália.

A várias dezenas de quilômetros de Pompéia fica Paestum, um dos mais importantes encraves da Magna Grécia, com imponentes templos gregos. No século IV a.C. a cidade teve uma grande chegada de samnitas (antigo povo da região), que desceu das montanhas em direção ao litoral, e Pompéia viveu uma forte urbanização.

Entre os anos 343 e 290 a.C., os samnitas foram derrotados pelos romanos, que conquistaram a Campânia. Pompéia passou a fazer parte da "Res Pública Romana", e no século I a.C. virou município. No ano 80 a.C., se rebelou e pediu dignidade política e social igual à de Roma. Depois de ser cercada pelas tropas de Cornélio Sila, se rendeu e passou a ser uma colônia do Império.

Entre 27 a.C. e 37 d.C., Pompéia teve sua época de esplendor. Foram construídos belos edifícios privados e públicos. O melhor momento foi na época dos imperadores Augusto e Tibério. No ano 62 d.C. houve um forte terremoto que deixou grandes estragos na cidade. Em 24 de agosto de 79 d.C., em plena reconstrução da cidade, ocorreu uma erupção do Vesúvio que a sepultou.

No cinema
A tragédia da cidade deve estar em breve nas telas do cinema. Um dos próximos trabalhos do diretor James Cameron deve ser um filme sobre a história. A companhia produtora do diretor, Lightstorm Entertainment, e o estúdio 20th Century Fox vão rodar juntos a fita Ghosts of Vesuvius, a versão para o cinema de um livro inédito de Charles Pellegrino sobre e erupção do vulcão Vesúvio que destruiu a cidade em 79 a.C.

Redação Terra