inclusão de arquivo javascript

 
 

Vídeo mostra fantasma do castelo de Henrique VIII

19 de dezembro de 2003 14h33 atualizado às 15h00

Imagem do circuito interno de TV mostra a aparição. Foto: AP

Imagem do circuito interno de TV mostra a aparição
Foto: AP

As câmeras do circuito fechado de televisão do palácio Hampton Court, onde o rei Henrique VIII da Inglaterra selou a desgraça de sua quinta esposa e que, segundo a lenda, é assombrado, gravaram uma imagem fantasmagórica. "Fiquei paralisado quando a seqüência das câmeras do circuito fechado (de televisão) mostraram uma figura estremecedora vestida à época parada na porta; era algo fantasmagórico pois o rosto não parecia humano", relatou hoje um dos guardas da segurança do palácio.

Segundo reza a lenda, o castelo de Hampton Court, a sudoeste de Londres e atualmente uma popular atração turística de 500 anos de história, é habitado pelo espírito de Catherine Howard, a quinta das seis mulheres de Henrique VIII, degolada por ordem do rei em 1542 depois de dois anos de casamento. Foi em Hampton Court que Catherine Howard foi executada depois que Henrique soube de diversas relações suas antes do casamento.

Nesse palácio real morreu também a terceira mulher de Henrique VIII, Jane Seymour, um ano depois de seu casamento com o rei das seis mulheres, cujas ânsias matrimoniais provocaram a ruptura com a Igreja Católica e o nascimento do anglicanismo. Segundo os responsáveis de Hampton Court, que hoje em dia é um museu, após muitos rumores sobre a maldição do palácio, em outubro passado se captou pela primeira vez uma imagem do suposto fantasma.

As câmeras do circuito fechado de televisão recolheram primeiro imagens de portas se abrindo, sem que ninguém as empurrasse, e posteriormente uma figura espectral que fechava a porta. "É muito inquietante", confessou o guarda da segurança, garantindo que nenhum dos guias do castelo que usam fantasias tem roupas parecidas com as utilizadas pelo suposto fantasma. "Minha primeira reação foi que alguém estivesse brincando conosco, assim pedi que meus colegas dessem uma olhada; falamos com os guias que andam fantasiados mas nenhum usa um vestido como o da figura", disse.

Em março de 2001, a administração do palácio de Hampton Court chamou um grupo de "caça-fantasmas" depois que alguns turistas alertaram da "presença de um fantasma", que escutaram gritos e que houve súbitas quedas de temperatura. Então, uma equipe de psicólogos da Universidade de Hertfordshire, depois de instalar câmeras térmicas e detectores de movimento de ar, chegaram à conclusão que as quedas de temperatura se deviam a uma gélida corrente de ar.

EFE
EFE - Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.