inclusão de arquivo javascript

 
 

Morre Banana, primeiro presidente do Zimbábue

10 de novembro de 2003 19h49

O primeiro presidente pós-independência do Zimbábue, que foi condenado e preso por sodomia, morreu hoje depois de lutar por muito tempo contra uma doença, informou a rede de TV estatal. "Queridos zimbabuanos, eu anuncio com pesar e tristeza a morte ocorrida hoje de Comrade Canaan Sodindo Banana, o primeiro presidente de nosso Zimbábue independente", disse o presidente Robert Mugabe em uma mensagem lida na Zimbabwe Broadcasting Corporation.

Nascido em 1936, o ex-ministro tornou-se presidente quando a ex-colônia britânica obteve independência em 1980, posto em que permaneceu até 1987, quando o primeiro-ministro Mugabe assumiu a presidência.

Em maio de 2000, a Suprema Corte do Zimbábue confirmou a condenação de Banana por sodomia e o prendeu por um ano, depois que um ex-assistente descreveu como o ex-presidente bebeu, dançou e jogou cartas com ele antes de drogá-lo e violá-lo na Casa do Governo na década de 1980.

Banana insistiu que não era homossexual e disse que as acusações contra ele eram "doenças patológicas" e parte de uma "briga maliciosa". Banana foi libertado em 2001 após permanecer oito meses na cadeia.

Reuters
Reuters - Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.