inclusão de arquivo javascript

 
 

Professora "sexy demais" é demitida na Itália

06 de setembro de 2005 13h17 atualizado às 13h42

A professora é italiana e tem 38 anos. Foto: Reuters

A professora é italiana e tem 38 anos
Foto: Reuters

A professora de religião Caterina Bonci, 38 anos, foi demitida pela igreja da cidade de Fano, na Itália, por ser muito atraente e se vestir de maneira "sexy demais". Contudo, a igreja argumenta que a saída da mulher foi motivada pelo seu estado civil. Caterina é divorciada.

  • Veja fotos

    A professora afirma que se divorciou em 2000 e que nunca escondeu essa situação das autoridades católicas. Ela ainda sustenta que sempre se vestiu adequadamente nas aulas e defende que fora de seu emprego tem o direito de escolher a roupa que quiser. "Eu não vejo qual é o problema se uma professora é atraente ou não, desde que ela seja qualificada", declarou.

    Agora a professora está recorrendo aos meios de comunicação da Itália denunciando a demissão e exigindo seu emprego de volta. Bonci lecionava religião na diocese há 14 anos.

  • Redação Terra