inclusão de arquivo javascript

 
 

Forbes: fortuna de Fidel quintuplicou desde 2003

15 de março de 2005 15h03

A revista Forbes, famosa por suas listas anuais sobre os milionários mais ricos do mundo, calcula que o líder cubano Fidel Castro tem uma fortuna pessoal de U$S 550 milhões, cinco vezes maior do que a cifra registrada há dois anos.

No último número da revista, a Forbes atribui a fortuna de Castro aos ganhos obtidos através de uma "rede de negócios de titularidade pública".

Assim, entre as operações mais lucrativas, a Forbes cita o Palácio de Convenções, o centro de convenções construído perto de Havana; o conglomerado de lojas a varejo CIMEX; e a Medicuba, a empresa que vende vacinas e outros artigos farmacêuticos produzidos em Cuba.

A revista lembra, além disso, que Castro, que "anda de forma exclusiva em um comboio de (automóveis) Mercedes-Benz negros", vendeu em 1993 a empresa estatal de rum Havana Club ao gigante francês de bebidas Pernod Ricard por 50 milhões de dólares.

Fidel Castro, 78 anos, é um dos nomes que aparecem na seleta lista da Forbes de reis e governantes, encabeçada pelo rei Fahd da Arábia Saudita, com uma fortuna calculada em U$S 22 bilhões.

EFE
EFE - Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.