inclusão de arquivo javascript

 
 

Avião presidencial faz vôo rasante em NY e assusta moradores

27 de abril de 2009 16h08 atualizado às 16h48

A foto foi tirada por um trabalhador de Manhattan. Foto: AP

A foto foi tirada por um trabalhador de Manhattan
Foto: AP

Moradores de Nova York se assustaram, nesta segunda-feira, ao verem um Boeing 747 utilizado como Força Aérea Um - o avião presidencial - voando em baixa altitude e escoltado por um jato militar. Momentos após o incidente, o departamento de Aviação Federal emitiu uma nota e afirmou que o vôo se tratava de uma missão de treinamento com o objetivo de tirar fotos da aeronave presidencial. As informações são da AP.

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg disse que ficou furioso com a manobra aérea realizada pelo governo federal, pois nenhum aviso foi dado a ele. Bloomberg afirmou, ainda, que o trajeto das aeronaves, que passaram perto do local onde havia o World Trade Center, mostrou "insensibilidade" do governo.

Diversos trabalhadores de prédios comerciais de Manhattan saíram às ruas antes de serem avisados de que os vôos não se tratavam de emergências. John Leitner, um trabalhador local, disse que cerca de mil pessoas "ficaram em pânico total".

"Aparentemente, ninguém nos prédios foi informado do que estava acontecendo", disse. "Todos ficaram muito assustados".

Redação Terra