inclusão de arquivo javascript

 
 

Israel retoma ataques aéreos em Gaza e mata 4

28 de dezembro de 2008 18h31 atualizado às 18h55

Uma nova rodada de ataques aéreos no norte e no centro da Faixa de Gaza deixou quatro mortos e 12 feridos, informaram fontes médicas palestinas.

» Muçulmanos protestam contra ataques
» Vídeo: Israel retoma ataques
» Entenda o conflito e veja o mapa
» Mortos em bombardeios passam de 280
» ONU pede fim da violência em Gaza

Os F-16 israelenses bombardearam, no começo da noite, várias instalações de segurança e quartéis da polícia do movimento islâmico Hamas, além de prédios, veículos e outros alvos.

Entre os últimos pontos bombardeados está uma delegacia de dois andares situada no campo de refugiados de Beach, na Cidade de Gaza, que ficou completamente destruída, segundo contaram testemunhas na região.

Em torno de 300 palestinos morreram e mais de 900 se encontram feridos, 180 deles gravemente, desde o início da ofensiva israelense, na manhã de sábado, declarou Muawiya Hassanein, chefe do serviço de Emergência e Ambulâncias do Ministério da Saúde em Gaza.

Fontes de segurança do Hamas disseram que Israel realizou hoje mais de 50 bombardeios, em um dos quais foi destruída uma prisão do Hamas.

Um porta-voz do Exército israelense disse que nos últimos dois dias foram atingidos 240 alvos palestinos em Gaza.

Já as milícias palestinas lançaram cerca de 150 foguetes contra território israelense, um dos quais provocou, no sábado, a morte de um homem da localidade de Netivot, única vítima israelense desde o começo da ofensiva.

EFE
EFE - Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.