inclusão de arquivo javascript

 
 

Dono da Fiat xinga taxista e reclama posse do carro

22 de julho de 2008 09h58 atualizado às 11h13

Lapo Elkann, um dos herdeiros da montadora italiana Fiat xingou um motorista e tentou "seqüestrar" um táxi alegando ser dono do veículo, após uma noitada na ilha de Capri, informa o jornal italiano La Repubblica nesta terça-feira.

A queixa foi feita pelo taxista Luigi De Martino na madrugada da última segunda-feira. Ele disse à polícia que a confusão começou quando voltava da região de Anacapri e se deparou com um grupo de garotos que estava empurrando um táxi parado em um ponto. De Martino disse que ordenou que os jovens saíssem do carro e levassem o táxi de volta ao ponto.

Segundo o motorista, foi nesse momento que Elkann apareceu e exigiu o carro. "É um Fiat Marea, então é meu." De Martino ainda disse que Elkann gritou palavrões a todos antes de voltar a seu hotel.

Em 2005, Elkann chegou a entrar em coma por conta do abuso de drogas. Quando foi internado com overdose, ele estava em companhia de transsexuais.

Redação Terra