inclusão de arquivo javascript

 
 

Jovem queria morrer para ir ao céu matar Jesus

30 de abril de 2008 10h34 atualizado às 10h51

Autoridades do Estado americano da Carolina do Sul pediram a um tribunal que um jovem seja avaliado psicologicamente depois que ele ameaçou causar uma explosão em sua escola para morrer e ir ao céu matar Jesus, segundo informa a agência EFE.

» Judas seduz Jesus gay em peça
» menina morre enquanto pais rezavam
» Mulher mata companheiro que dizia ser Jesus

Ryan Schallenberger, 18 anos, foi detido e pode ser acusado de conspirar para usar uma arma de destruição em massa, o que pode levá-lo à prisão perpétua. "Sua conduta é estranha. É evidente que seu comportamento deve ser avaliado", disse Buddy Bethea.

O jovem teria dito a um oficial de Justiça que queria morrer. "Disse que a morte era melhor do que a vida", afirmou o agente Craig Towsend.

Schallenberger foi detido depois que seus pais recolheram no correio um pacote dirigido ao rapaz que continha nitrato de amônio, matéria prima de diversos explosivos.

Em casa, eles encontraram uma gravação que o filho havia feito para que escutassem depois de sua morte. O casal encontrou ainda um diário em que o jovem narrava suas experiências com explosivos.

Redação Terra