inclusão de arquivo javascript

 
 

Pontificado de João Paulo II é o 3º mais logo

14 de março de 2004 10h56

O Papa João Paulo II bate um novo recorde este domingo, com um pontificado que se transforma no terceiro mais longo da história da Igreja Católica, atrás apenas do reinado de São Pedro e de Pio IX. O Vaticano não planejou nenhum tipo de comemoração para marcar esta data, num dia em que o Papa condenou os atentados de quinta-feira em Madri em seu pronunciamento na praça de São Pedro.

Mas esta é uma etapa simbólica adicional de um pontificado que já é excepcional por sua duração e pela personalidade do Papa, que em maio próximo completa 84 anos de idade.

Eleito em 16 de outubro de 1978, o polonês Karol Wojtyla, que adotou o nome de João Paulo II em homenagem a seu predecessor que ficou pouco mais de um mês na função, completa este domingo 9.281 dias à frente da Igreja Católica, superando em um dia o Papa Leão XIII cujo pontificado se estendeu de fevereiro 1878 a julho de 1903.

O pontificado mais longo - de 34 ou 37 anos segundo os historiadores - foi o de São Pedro, o príncipe dos apóstolos que, segundo a tradição, dirigiu a Igreja primeiro em Antióquia e depois em Roma. Desde então, só Pio IX reinou mais de 30 anos (de junho de 1846 a fevereiro de 1878).

Além de ser o primeiro papa a vir de um país comunista, João Paulo II superou seus predecessores em número de beatificações e canonizações, e buscou a aproximação com as outras religiões, sendo o primeiro sumo pontífice a entrar numa sinagoga, numa mesquita e num templo protestante.

AFP
AFP - Todos os direitos de reprodução e representação reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.