inclusão de arquivo javascript

 
 

Telefonema de Chávez teria permitido localização de Reyes

04 de março de 2008 20h40 atualizado às 20h45

Raúl Reyes, segundo homem mais importante das Farc, teria sido localizado por um telefonema do presidente venezuelano. De acordo com o site Descifrado, Hugo Chávez teria ligado a Reyes para agradecer a libertação de quatro ex-congressistas que a organização mantinha em seu poder.

» Colômbia acusa Chávez de apoiar Farc
» Veja última entrevista de Reyes
» Entenda o conflito na América do Sul
» Opine sobre o assunto

Uma fonte ligada ao Palácio de Miraflores informou ao site que a chamada teria sido o que permitiu às autoridades colombianas descobrir as coordenadas do acampamento das Farc em território equatoriano.

Segundo o site, além de agradecer pela libertação dos reféns, Chávez teria feito o telefonema para combinar como seria a próxima entrega de reféns, na qual estaria incluída Ingrid Betancourt.

A fonte oficial acrescentou que o ministro do Interior venezuelano, Ramón Rodríguez Chacín, teria pedido ao presidente Chávez que não entrasse em contato com as Farc por pelo menos 72 horas depois da operação do dia 27 de fevereiro.

Mas o presidente, eufórico, não teria respeitado a ordem do coordenador das negociações, o que acabou resultando na morte de um grupo de guerrilheiros, inclusive de Reyes.

Com informações do Terra Venezuela.

Redação Terra