inclusão de arquivo javascript

 
 

Shimon Peres anuncia candidatura à presidência de Israel

30 de maio de 2007 06h29 atualizado às 13h28

O vice-primeiro-ministro israelense, Shimon Peres, anunciou publicamente nesta quarta-feira que é candidato à presidência de Israel, em uma votação que está programada para acontecer no dia 13 de junho no Parlamento.

"Decidi ser candidato à presidência do Estado", declarou Peres, de 83 anos, durante uma reunião na Knesset (Parlamento) da bancada do Kadima, o partido de centro do premier Ehud Olmert, do qual é integrante.

"Decidi responder à demanda de muitos israelenses, entre eles o primeiro-ministro, deputados e pessoas do povo, para fornecer o que talvez seja minha última contribuição a serviço deste país", acrescentou Peres.

Atual número dois do gabinete, Prêmio Nobel da Paz, ex-premier e decano do Parlamento, Peres tem fama internacional e grande popularidade em Israel.

Apesar de ser considerado o favorito na última eleição presidencial em 2000, Peres foi derrotado por Mosheh Katzav, o candidato da direita.

O mandato de sete anos de Katzav termina em julho, mas desde o início do ano ele está suspenso de suas funções, a pedido próprio, por causa de uma acusação de estupro e assédio sexual, que pode representar uma pena de 16 anos de prisão se for considerado culpado.

Em Israel, as funções presidenciais são principalmente protocolares.

Outras duas personalidades, o deputado do Likud (oposição de direita) Reuven Rivlin, apontado pelos analistas como um sério aspirante, e a deputada Colette Avival, também manifestaram o desejo de postular à presidência.

AFP
AFP - Todos os direitos de reprodução e representação reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.