inclusão de arquivo javascript

 
 

"A pedido de Deus", homem põe filha no microondas

16 de maio de 2007 22h23

As autoridades da cidade americana de Galveston, no Texas, prenderam Joshua Mauldin depois que ele confessou ter colocado sua filha de dois meses de idade no microondas. O bebê sofreu queimaduras de terceiro grau. O pai, de 19 anos, disse que apenas seguia "ordens de Deus".

» Jovem degola mãe e leva cabeça à polícia
» Chinesa mata filha que não sabia contar
» Índia: pai acha azar ter gêmeas e as mata

O incidente aconteceu na semana passada, informa a emissora americana ABC. Mauldin deixou o condado de Bradley, no Arkansas, e foi para o Texas com sua mulher, o bebê e sua sogra.

Eles se instalaram no Seawall Boulevard Hotel. No momento do incidente, a mãe e a avó do bebê tinha saído para jantar. Depois de colocar a filha no microondas, Mauldin chamou a polícia e afirmou ter derramado uma chaleira com água fervente acidentamente na filha.

As autoridades desconfiaram dos ferimentos da criança, que não se assemelhavam a queimaduras com água quente, e pressionaram Mauldin que confessou. A polícia estima que o bebê ficou entre 10 e 20 segundos no microondas ligado.

A audiência para analisar o caso de Mauldin ainda não foi agendada. Se condenado, ele pode pegar até 99 anos de prisão.

Redação Terra