0

William e Kate deixam hospital com o bebê real

23 jul 2013
17h19
atualizado às 17h20

Os duques de Cambrigde, William e Kate, deixaram nesta terça-feira o hospital St. Mary's de Londres com o primeiro filho, que ocupa o terceiro posto na linha de sucessão do trono britânico com o tratamento de Sua Vossa Alteza Real, o príncipe de Cambrigde.

A nova família deixou o centro hospitalar pouco antes das 19h15 local (15h15, horário de Brasília) em meio a uma grande expectativa midiática. Os pais da criança falaram com a imprensa antes de seguirem ao Palácio de Kensington, onde passarão pelo menos seus primeiros dias.

Muito sorridentes, William e Kate posaram alguns minutos para as câmeras levando o bebê nos braços, que nasceu na segunda-feira às 16h24 local (12h24, horário de Brasília).

Com um vestido azul, Kate não conseguiu esconder a felicidade com o nascimento do filho, que estava envolvido em uma manta de cor clara. Logo depois, William pegou a criança no colo.

O príncipe estava entusiasmado com seu pequeno nos braços. "Tem um bom par de pulmões, isso está claro", afirmou o pai.

"É uma criança grande, pesa bastante", acrescentou William, em referência aos 3,8 quilos pesados quando a criança nasceu.

Com relação ao nome do futuro rei, o filho do príncipe Charles e da princesa Diana não revelou o mistério, ao afirmar que o casal "ainda está trabalhando nisso".

"É a primeira vez que o vemos, na realidade, portanto estamos aproveitando para conhecê-lo melhor", declarou.

Kate, por sua vez, afirmou que aquele era um momento "de muita emoção" e "especial". "Qualquer pai saberá o que estamos sentindo", acrescentou a duquesa.

Após se despedir da imprensa, que ficou postada em frente ao hospital por mais de duas semanas, o casal voltou a entrar no centro médico, quando foi possível ver o príncipe colocando o recém-nascido no banco traseiro do veículo ao lado da mãe, para depois sair conduzindo o carro ao Palácio de Kensington.

Antes de deixar o centro médico, onde William nasceu há 31 anos, os duques agradeceram "a tremenda atenção e cuidado" do pessoal do hospital, onde Kate deu à luz.

O pequeno, que apareceu para a mídia com os olhos fechados e as mãos próximas ao rosto, é o terceiro na linha de sucessão ao trono britânico após seu avô, o príncipe Charles, e seu pai, William.

Precisamente o príncipe de Gales, acompanhado de sua esposa Camilla, visitou o neto hoje no St. Mary's, que foi qualificado como "maravilhoso".

Pouco antes, os pais de Kate também estiveram no hospital para ver o neto.

"É absolutamente precioso", declarou a única avó do pequeno, pois Diana, mãe de William e Harry, faleceu em um acidente de automóvel em Paris de 1997.

As salvas de mais de 100 canhões e o repique dos sinos celebraram, hoje, a chegada do príncipe de Cambrigde ao mundo, que substitui o príncipe Harry na linha de sucessão.

O pequeno é o terceiro bisneto da rainha Elizabeth II, que afirmou estar "encantada" com o novo membro da família.

Embora William, Kate e o bebê tenham se descolado para o Palácio de Kensington, não está descartada a possibilidade do casal e o filho passarem uns dias na residência de Middleton em Bucklebury, no condado de Berkshire.

O que se sabe é que o príncipe tirou 15 dias de licença paternidade para estar junto com a esposa e o filho.

O nascimento do primogênito dos duques de Cambridge chega em um dos melhores momentos para a monarquia britânica, dois anos e três meses depois do casamento de William e Kate e um ano após a realização do Jubileu de Diamante da rainha.

EFE   
publicidade