1 evento ao vivo

Ucrânia: prefeito de Kiev perde cargo por violência contra manifestantes

14 dez 2013
12h37
  • separator
  • 0
  • comentários

O prefeito de Kiev e o secretário adjunto do Conselho de Segurança ucraniano perderam os cargos após a ordem para a dispersão violenta dos manifestantes em 30 de novembro na capital ucraniana, anunciou a presidência. "O presidente ucraniano Viktor Yanukovich revogou o secretário adjunto do Conselho de Segurança Nacional e de Defesa da Ucrânia, Vladimir Sivkovich, e o prefeito de Kiev, Alexander Popov", afirma um comunicado oficial.

Manifestante agita bandeira ucraniana durante confrontos na capital Kiev
Manifestante agita bandeira ucraniana durante confrontos na capital Kiev
Foto: AFP

A decisão foi tomada "a pedido da Procuradoria-Geral da Ucrânia, que suspeita que estas personalidades violaram os direitos dos cidadãos que estavam em 20 de novembro na Praça da Independência de Kiev", completa a nota.

O procurador-geral Viktor Pshonka já havia indicado que pediria a saída de ambos. "Segundo a investigação, eles pressionaram (o chefe de polícia de Kiev) para que utilizasse a força, quando estavam presentes em seu gabinete", declarou.

A polícia dispersou de maneira violenta um protesto na praça central de Kiev, o que deixou dezenas de feridos, incluindo muitos estudantes. Os manifestantes protestavam contra a recusa na última hora do presidente ucraniano de assinar um acordo de associação com a União Europeia, que era negociado há três anos.

Os atos de violência, cometidos em um local simbólico da Revolução Laranja de 2004, provocaram indignação no país e no exterior. A oposição passou a pedir a renúncia de Yanukovich.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade