0

Sete são detidos e 11 feridos em protesto contra visita do Papa

18 ago 2011
06h21
atualizado às 06h30

Sete manifestantes foram detidos e 11 ficaram levemente feridos na quarta-feira durante uma passeata em Madri a favor do Estado laico e contra o financiamento público da visita do Papa Bento XVI e da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), informou a polícia da capital espanhola nesta quinta-feira. "Sete pessoas foram detidas por atentado contra um agente da autoridade", afirmou uma porta-voz da polícia.

Após o protesto, que contou com a presença de milhares de pessoas e na qual foram registrados momentos de tensão entre os manifestantes e jovens católicos, a polícia enfrentou participantes para desalojar parte do centro da cidade.

No total, 450 mil peregrinos de todo o mundo invadiram Madri desde segunda-feira para participar na JMJ, que começou na terça-feira.

O Papa Bento XVI desembarca em Madri nesta quinta-feira. A polícia informou que 4 mil pessoas participaram na manifestação a favor do Estado laico, que teve como lema "Dos meus impostos, ao Papa zero". Os manifestantes trocaram insultos com grupos de peregrinos diante dos olhares dos policiais.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade