1 evento ao vivo

Secretário-geral da Otan condena assassinato de soldado em Londres

23 mai 2013
06h52
atualizado às 07h25
  • separator
  • 0
  • comentários

O secretário-geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen, expressou sua "firme" condenação do assassinato de um soldado ontem em Londres, um crime que teria sido cometido por dois dois homens e a golpes de faca.

Em comunicado divulgado hoje no site da Aliança, Rasmussen condena "com firmeza este crime bárbaro". "Estes ataques nunca poderão ser justificados", afirmou o secretário-geral da Otan que também expressou suas condolências aos familiares e amigos da vítima.

Um vídeo emitido pela emissora britânica ITV mostra um dos supostos agressores falando diante da câmera e mostrando as mãos ensanguentadas com uma faca. No vídeo em questão, o homem adverte aos gritos o motivo do crime: "Juramos por Alá todo-poderoso que nunca deixaremos de combater. A única razão pela qual fizemos isso é porque há muçulmanos morrendo a cada dia. Este soldado britânico é o olho por olho e o dente por dente".

O Conselho Muçulmano do Reino Unido condenou "sem reservas" o assassinato do soldado, que qualificou como "um ato bárbaro e sem nenhuma base com o Islã", enquanto o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, presidirá hoje uma reunião de emergência do comitê Cobra de segurança para analisar o assassinato do soldado.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade