PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Europa

Rússia critica países europeus que atrasaram voo de Morales

4 jul 2013 - 08h10
(atualizado às 08h44)
Compartilhar
Exibir comentários

A Rússia criticou França, Espanha e Portugal nesta quinta-feira por atrasar o voo do presidente boliviano, Evo Morales, que viajava de Moscou para La Paz, devido a suspeitas de que o ex-funcionário da agência de espionagem dos Estados Unidos Edward Snowden estivesse a bordo.

Não há nenhuma evidência de que Snowden estava no avião e, após as recusas iniciais para deixar o avião entrar no espaço desses países da União Europeia e ser forçado a uma escala na Áustria, Morales conseguiu voltar à Bolívia na noite de quarta-feira.

França e Portugal colocaram vida de Evo Morales em risco, diz Bolívia:

"As ações das autoridades de França, Espanha e Portugal dificilmente podem ser consideradas ações amigáveis para com a Bolívia", afirmou o Ministério das Relações Exteriores russo em comunicado publicado em seu site. "A Rússia apela à comunidade internacional a cumprir rigorosamente os princípios legais internacionais", disse.

Morales participou de uma cúpula de países exportadores de gás natural em Moscou, onde autoridades russas dizem que Snowden está em uma zona de trânsito do aeroporto após chegar de Hong Kong em 23 de junho com a esperança de receber asilo político em outro país.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade