0

Papa Francisco pede a reconciliação na Síria e Oriente Médio

20 jun 2013
09h28
atualizado às 11h22

O papa Francisco lançou nesta quinta-feira um apelo aos dirigentes dos povos e dos organismos internacionais para que se mobilizem no Oriente Médio a fim de que "a reconciliação supere o confronto", em alusão ao conflito sírio.

"Queria uma vez mais, do fundo de meu coração, fazer um apelo aos dirigentes dos povos e dos organismos internacionais, aos fieis de todas as religiões, e a todos os homens e mulheres de boa vontade para que ajudem a acabar com qualquer dor, qualquer violência, qualquer discriminação religiosa, cultura e social", afirmou o Papa, que completa nesta quinta-feira 100 dias de pontificado.

"Que o enfrentamento que semeia a morte deixe espaço para o encontro e a reconciliação que aporta a vida", afirmou Francisco ao receber os participantes da Reunião de Organismos de Assistência às Igrejas Orientais (ROACO).

"Não percam a esperança: a Igreja está a seu lado, os acompanha e os apoia", acrescentou.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

publicidade
publicidade