0

Na juventude, papa Francisco dançava milonga com namorada

14 mar 2013
14h46
atualizado às 15h13
  • separator
  • comentários

O Papa Francisco é um verdadeiro portenho e, além de ouvir tango, gostava de dançar milonga com a namorada em sua juventude, segundo afirmou Jorge Mario Bergoglio em uma longa entrevista que deu aos jornalistas Sergio Rubín e Francesca Ambrogetti, publicada no livro O Jesuíta.

<p>O argentino é apreciador do tango</p>
O argentino é apreciador do tango
Foto: Reuters

"Gosto muito de tango. É algo que sai de dentro de mim", afirmou na ocasião.

Na entrevista, publicada em 2010, Bergoglio revelou um traço desconhecido de sua vida ao comentar seu gosto musical, e principalmente destacar a orquestra do argentino Juan D'Arienzo, conhecido como "el rey del compás", assim como Carlos Gardel, Julio Sosa e Astor Piazzola.

Como bom pastor, relacionou o mundo do tango com o religioso ao mencionar sua admiração pela cantora e atriz Ada Falcón, que abandonou as artes para virar freira.

"Sabe dançar o tango?" - perguntou um dos entrevistadores."Sim. Dançava quando jovem, apesar de preferir a milonga", respondeu, referindo-se a um gênero musical folclórico típico da Argentina e do Uruguai.

Os entrevistadores também se interessaram pela vida amorosa do então cardeal. "Fazíamos parte de um grupo de amigos com quem íamos dançar", explicou o agora Papa.

Segundo Bergoglio, o romance acabou quando ele descobriu sua vocação religiosa.

&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot; http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/raio-x-vaticano/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot; http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/raio-x-vaticano/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;veja o infogr&amp;amp;amp;amp;amp;amp;aacute;fico&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;
AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade