1 evento ao vivo

Mudança de papa provoca modificações na Jornada Mundial da Juventude

23 abr 2013
20h13

A mudança de papa obrigará os organizadores da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que será realizada em julho no Rio de Janeiro, a fazer modificações na agenda do pontífice para adaptá-la à "sensibilidade" de Francisco, disseram fontes oficiais nesta terça-feira.

"Já tínhamos um programa, fechado entre outubro e novembro do ano passado, mas houve uma mudança em um pequeno detalhe: mudou o papa", afirmou o organizador das viagens dos pontífices, Alberto Gasbarri, que hoje começou uma visita ao Rio de Janeiro.

Gasbarri chegou ao Rio para definir os detalhes ainda pendentes da participação do papa Francisco na JMJ 2013, que será realizada de 23 a 28 de julho. Está previsto que o pontífice participe dos atos centrais da Jornada, entre os dias 25 e 28.

O funcionário do Vaticano se reuniu hoje a portas fechadas com o arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani Tempesta, que também preside o Comitê Organizador Local da JMJ, com o núncio apostólico no Brasil, Giovanni d'Aniello, e com representantes dos governos federal, regional e municipal, disse a organização em comunicado.

"Agora, vamos atualizar o programa do papa Francisco, de acordo com sua sensibilidade", acrescentou Gasbarri, citado no comunicado.

O representante do Vaticano confirmou no entanto que o papa participará dos atos centrais da JMJ, começando com a cerimônia de recebimento, no dia 25, uma Via-Sacra em Copacabana no dia 26, a vigília do dia seguinte e a missa de fechamento da jornada, no "Campus Fidei" um acampamento nos arredores da cidade.

Devido aos rumores de que o papa possa aproveitar sua primeira viagem internacional para visitar outros países sul-americanos, Gasbarri declarou que o Brasil e a JMJ são o "foco do programa", segundo o comunicado.

EFE   
publicidade