0

Cardeal britânico suspeito de conduta inapropriada renuncia

25 fev 2013
08h46
atualizado às 08h55

O cardeal Keith O'Brien, chefe da Igreja Católica da Escócia, acusado de "conduta inapropriada" há 33 anos e que deveria participar no conclave que escolherá o próximo Papa, apresentou sua renúncia.

"O Santo Padre, o Papa Bento XVI, aceitou em 18 de fevereiro a renúncia de sua eminência o Cardeal O'Brien do governo da Arquidiocese de Saint Andrews e Edimburgo", afirma um comunicado da Igreja Católica da Escócia.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade