5 eventos ao vivo

Rajoy rejeita independência dos nacionalistas catalães

16 jul 2015
12h38
  • separator
  • 0
  • comentários

O presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, rejeitou nesta quinta-feira a hipótese da região da Catalunha ser independente e acusou de "irresponsabilidade" os que defendem a separação.

Em entrevista coletiva junto à primeira-ministra da Polônia, Ewa Kopacz, Rajoy foi questionado sobre o projeto de várias formações nacionalistas catalãs de concorrer às eleições regionais do final de setembro com um programa que inclua a declaração de independência respeito à Espanha.

"O Estado está absolutamente preparado para fazer cumprir a lei quando alguém a violar", disse Rajoy, para quem "a irresponsabilidade" com a qual atuam essas forças soberanistas "acaba gerando problemas e dificuldades como na Grécia", em alusão à crise de dívida deste país e suas negociações com os credores.

Para o chefe do Executivo espanhol, as eleições catalãs previstas para setembro serão unicamente para escolher deputados para o parlamento regional.

"Nem será eleito e nem será decidida outra coisa", advertiu Rajoy, antes de assegurar que o governo garante ao conjunto dos espanhóis que "velará pelo cumprimento da lei".

Rajoy pediu aos nacionalistas "responsabilidade, prudência e sensatez". "Não vai ter independência da Catalunha e também a Catalunha vai sair da Europa, como foi proposto aos cidadãos" da região.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade