Europa

publicidade
03 de dezembro de 2012 • 14h05 • atualizado às 17h12

Príncipe William e Kate Middleton esperam um bebê

O príncipe William e sua mulher, Catherine Middleton, que agora está grávida do primeiro filho
Foto: Reuters

O príncipe William e sua mulher, Catherine Middleton, esperam um bebê, anunciou em comunicado nesta segunda-feira o Palácio de Saint James, encarregado dos assuntos do príncipe. "Suas Altezas reais o duque e a duquesa de Cambridge estão encantados em anunciar que a Duquesa de Cambridge está esperando um bebê", diz o informe.

Middleton foi levada ao hospital King Edward VII, no centro de Londres, com um quadro de náuseas e vômitos persistentes. "Como a gravidez está em sua etapa inicial, espera-se que sua Alteza Real permaneça no hospital durante vários dias e precise de um período de descanso posteriormente", completa o comunicado.

Uma fonte oficial ouvida pela agência EFE esclareceu que a internação da duquesa se deve a uma condição que provoca vômitos e náuseas a grávidas a partir das cinco semanas de gestação. Durante sua estadia no hospital, a duquesa receberá "nutrientes e hidratação suplementar", acrescentou o comunicado.

Apesar de o palácio de Saint James não ter divulgado o momento exato em que o casal descobriu a gravidez, a imprensa britânica indicou que o período de gestação ainda não passou de 12 semanas. O último ato social do qual Kate participou foi na sexta-feira passada, quando visitou um colégio onde estudou durante dez anos, e lá se arriscou a mostrar habilidade no hóquei na grama.

A duquesa e o príncipe, segundo na linha de sucessão da Coroa britânica, se casaram no dia 29 de abril de 2011, em Londres. Poucos meses depois já circulavam boatos da gravidez de Kate.

Finalmente anunciada, a nova é comemorada no Reino. A rainha Elizabeth II; seu marido, Philip, avós de William; e seu pai, o príncipe Charles, estão "encantados com a notícia", diz a nota. "Estou encantado com a notícia de que o duque e a duquesa de Cambridge estão esperando um bebê. Serão ótimos pais", saudou também o primeiro-ministro britânico, David Cameron, em sua conta do Twitter.

Com informações de AFP e EFE.

AFP