0

Polícia pedirá 8 semanas de prisão provisória para suspeito

25 jul 2011
07h43
atualizado às 08h05

A polícia norueguesa pedirá excepcionalmente oito semanas de prisão provisória para Anders Behring Breivik, acusado pelo massacre que vitimou 93 pessoas no país, quando ele comparecer nesta segunda-feira pela primeira vez à Justiça, informou o canal TV2.

Pessoas prestam homenagem aos mortos deixando flores e acendendo velas na capital norueguesa
Pessoas prestam homenagem aos mortos deixando flores e acendendo velas na capital norueguesa
Foto: Reuters

Será também solicitado que a audiência seja realizada a portas fechadas, acrescentou a rede de TV.

Viola Bjelland, porta-voz da polícia, confirmou à AFP que, em circusntâncias excepcionais, podem ser pedidas oito semanas de detenção, o dobro do habitual.

"Geralmente, o máximo é de quatro semanas, mas em casos especiais pode-se pedir até oito semanas", esclareceu Bjelland, que no entanto não soube dizer se este será o caso nesta segunda-feira, mas garantiu que de fato a polícia solicitará que a audiência seja a portas fechadas.

Behring Breivik, 32 anos, é o principal suspeito de ter realizado os ataques que deixaram 93 mortos em Oslo e na ilha de Utoya na sexta-feira.

O acusado, no entanto, prefere que a audiência seja pública e quer se apresentar vestido de uniforme, informou seu advogado na noite de domingo.

O juiz se pronunciará a princípio sobre o eventual caráter público da audiência e, em seguida, decidirá sobre a prisão provisória do rapaz.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade