0

Para evitar crianças, cigarros britânicos perdem embalagens

Cerca de 60 crianças começam a fumar por dia no Reino Unido

3 abr 2014
12h25
  • separator
  • comentários

O governo do Reino Unido adotará pacotes de cigarro sem ilustrações após uma pesquisa mostrar que milhares de crianças parariam de fumar se as embalagens não tivessem o nome das empresas produtoras e não fossem tão atrativas, segundo informações do The Guardian .

A ministra da saúde, Jane Ellison explicou que a adoção de pacotes de cigarro padronizados teria um ótimo impacto na saúde pública.

<p>Um projeto de lei deverá banir a ilustração em maços de cigarro no Reino Unido</p>
Um projeto de lei deverá banir a ilustração em maços de cigarro no Reino Unido
Foto: Getty Images

Cerca de 60 crianças começam a fumar, a cada dia, no Reino Unido, e muitas delas têm grandes chances de desenvolver vício em nicotina. A pesquisa mostra que, caso o consumo sofresse uma redução de 2%, 4 mil crianças deixariam de desenvolver o hábito por ano.

O governo adiou a decisão sobre o tema no último verão local, diante do grande impasse político causado pela descoberta de que uma empresa, dirigida pelo assessor da candidatura do primeiro-ministro David Cameron, ajudou uma grande companhia de tabaco em suas estratégias de marketing.

Ativistas ficaram satisfeitos com a pesquisa liderada pelo doutor Cyril Chantler (médico renomado no Reino Unido, ganhador do título de cavaleiro em 1996 por seus serviços prestados à medicina), e afirmaram estar satisfeitos com a decisão do governo de tomar medidas para acabar com o vício das crianças. Eles esperam que o projeto seja aprovado o quanto antes pelo Parlamento.

Um porta-voz da British American Tobacco, umas das maiores empresas de tabaco do mundo, disse que há limitações nas evidências disponíveis e lamentou o resultado da pesquisa.

Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade