0

Papa Francisco: é preciso sentir vergonha pelos escândalos da Igreja

16 jan 2014
10h41
atualizado às 10h55
  • separator
  • comentários

O papa Francisco disse nesta quinta-feira que é preciso ter vergonha dos vários escândalos que aconteceram no seio da Igreja, durante sua homilia na tradicional missa matutina que realiza em sua residência, na Casa de Santa Marta.

<p>Papa Francisco discursa para fieis</p>
Papa Francisco discursa para fieis
Foto: Stefano Rellandini / Reuters

Francisco, comentando a leitura do dia sobre a dura derrota dos israelitas pelos filisteus, denunciou os últimos escândalos da Igreja, segundo alguns trechos da homilia publicados pela Radio Vaticano.

"Mas... nos envergonhamos? Tantos escândalos que eu não quero mencionar isoladamente, mas que todos sabemos quais... Escândalos, nos quais alguns tiveram que pagar caro: E está bem! Se deve fazer assim... A vergonha da Igreja!", exclamou.

E insistiu: "Mas nos envergonhamos desses escândalos, dessas derrotas de padres, bispos, laicos?".

Segundo o pontífice argentino, os responsáveis "não tinham uma relação com Deus. Tinham um posição na Igreja, uma posição de poder, e também de comodidade, mas não a palavra de Deus".

Na terça-feira passada, o papa também havia denunciado em suas homilia em Santa Marta a "figura do cristão corrupto", ao falar de laicos, sacerdotes e bispos, que se aproveitam da situação e de seus privilégios.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade