PUBLICIDADE

Papa é apresentado a crocodilo cubano em audiência geral

11 jan 2012 14h27
| atualizado às 15h02
Publicidade

Um crocodilo originário de Cuba foi exibido nesta quarta-feira ao papa Bento XVI no Vaticano como testemunho da obra da defesa das espécies raras do zoológico de Roma, e voltará em março para a ilha caribenha por ocasião da viagem do Papa à América Latina.

Funcionário do zoológico de Roma exibe um crocodilo originário de Cuba ao papa Bento XVI durante audiência geral do pontífice no Vaticano
Funcionário do zoológico de Roma exibe um crocodilo originário de Cuba ao papa Bento XVI durante audiência geral do pontífice no Vaticano
Foto: AP

O crocodilo, da espécie "crocodylus rhombifer", em perigo de extinção, foi apresentado ao Papa em representação dos 1,2 mil animais alojados no "Bioparque", o zoológico da capital, que este ano festeja seu centenário e recebe atualmente mais de 700 mil visitantes.

"O jovem exemplar, de 60 centímetros, depois de ter passado um período no Bioparque e recuperado suas condições, será restituído a sua terra de origem, em coincidência com a viagem apostólica de Bento XVI a Cuba", afirmou a entidade em uma nota.

O diretor do zoológico mostrou o réptil ao Papa, que sorriu divertido. A população do crocodilo cubano se reduziu 80% nos últimos anos e sobrevive apenas em uma pequena zona da ilha, por isso foi catalogada como espécie ameaçada.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Publicidade