0

Obama cancela encontro com Putin; Rússia se diz desapontada

7 ago 2013
10h37
atualizado às 13h08
  • separator
  • 0
  • comentários

O presidente Barack Obama cancelou uma reunião de cúpula com seu colega russo Vladimir Putin prevista para setembro, em Moscou, anunciou nesta quarta-feira um alto funcionário americano à AFP.

O encontro havia sido colocado em dúvida pela Casa Branca ante as crescentes tensões entre Washington e Moscou, depois que as autoridades russas concederam asilo temporário ao ex-técnico da inteligência americana Edward Snowden.

A Casa Branca justificou o cancelamento do encontro de Obama com Putin devido à "falta de progresso" nas relações russo-americanas.

"Após cuidadosa consideração (...) conclui-se que as relações bilaterais com a Rússia não experimentaram suficientes progressos recentes para que uma cúpula fosse realizada no início de setembro", declarou um porta-voz de Obama em um comunicado.

A Rússia se declarou desapontada com a decisão de Obama.

"Estamos desapontados", afirmou o adjunto das Relações Exteriores Yury Ushakov, acrescentando que está claro para Moscou que a decisão está relacionada ao fugitivo americano Edward Snowden, que obteve asilo na Rússia.

Ushakov acrescentou que esta situação demonstrou que os Estados Unidos ainda não estão prontos para uma relação "numa base de igualdade" com a Rússia, mas destacou que o convite para a visita de Obama continua de pé.

"Está claro que essa decisão está relacionada com uma situação que nós não criamos", disse, ao se referir à concessão de asilo temporário para Snowden, depois que o jovem americano permaneceu quase um mês e meio "preso" no aeroporto de Moscou sem poder ir para outro país. "Esse problema mostra que os EUA continuam despreparados para construir uma relação de igualdade", acrescentou o representante do Kremlin.

Com informações das agências AFP e EFE

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade