3 eventos ao vivo

Noventa imigrantes são interceptados no mar entre Marrocos e Espanha

10 ago 2013
12h55
atualizado às 13h43
  • separator
  • 0
  • comentários

Cerca de 90 imigrantes ilegais que tentavam alcançar a costa sul da Espanha a bordo de dez embarcações foram interceptados neste sábado pelos serviços de socorro marítimo da Espanha e do Marrocos. No dia anterior, outros 39 imigrantes tinham sido interceptados no estreito de Gibraltar.

Na Espanha, "a coordenação de emergência foi realizada pelo centro de salvamento marítimo localizado em Tarifa (sul da Espanha) e, no total, foram resgatadas 70 pessoas, em 10 embarcações", explicou à AFP uma porta-voz dos serviços de socorro.

Os imigrantes "são da África subsaariana" e "foram levados à Tarifa para receber atenção médica", acrescentou a porta-voz. Entre eles está uma menor, cuja idade não foi informada, que "sofria de hipotermia e foi levada por um helicóptero de salvamento marítimo ao hospital".

"Os serviços de resgate marroquinos resgataram também 16 pessoas de outras duas embarcações", acrescentou. Essas pessoas "foram transferidas a Marrocos", informou a porta-voz.

Em seu Twitter oficial, os serviços de resgate da Espanha indicaram que, por causa de "ventos de força 8" esta área é mais perigosa que de costume.

Muitos imigrantes clandestinos da África subsaariana tentam regularmente chegar à Espanha, partindo de Marrocos, por via marítima, através do estreito de Gibraltar, ou por terra, cruzando a fronteira com os enclaves norte-africanos espanhóis de Ceuta e Melilla, fronteriços com Marrocos.

Em 2012, 3.804 imigrantes clandestinos chegaram às costas espanholas pelo mar, ou seja, 30% a menos que em 2011, segundo o Ministério do Interior.

Em Melilla, grupos de imigrantes realizaram, nas últimas semanas várias, tentativas para derrubar a grade fronteiriça que separa o enclave espanhol de Marrocos. No dia 6 de agosto, cerca de cinquenta imigrantes clandestinos conseguiram ultrapassar a fronteira dessa forma.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade