0

Estocolmo: 13 são detidos na 5ª noite de distúrbios

24 mai 2013
05h13
atualizado às 05h20
  • separator
  • 0
  • comentários

A polícia de Estocolmo prendeu 13 pessoas na madrugada desta sexta-feira, a quinta noite consecutiva de distúrbios na periferia da capital sueca, onde foram registrados incêndios de carros, de lojas e intensos confrontos.

Nesta madrugada, no entanto, os incidentes foram de menor gravidade do que nos dias anteriores, sendo que, por volta das 4h locais, a situação era de relativa tranquila nos bairros do sul e do oeste de Estocolmo, onde se concentraram os distúrbios.

Os piores episódios ocorreram em Älvsjö, onde oito pessoas foram detidas por vandalismo quando tentavam atear fogo em uma delegacia, e em Tensta, Kista, Rinkeby e Jordbro, todas no subúrbio. Em Husby, onde os primeiros incidentes começaram há cinco dias, incidentes não foram registrados.

A onda de distúrbios na capital sueca tem ligação com um episódio registrado na última semana, quando um imigrante com problemas psicológicos morreu por disparos da polícia em seu apartamento em Husby, onde tinha se trancado com sua companheira.

Os agentes asseguraram ter disparado em defesa própria depois de serem ameaçados supostamente com um machado, embora a atuação irregular das forças da ordem tenha provocado protestos dos moradores locais e aberto uma investigação interna da polícia de Estocolmo.

Os subúrbios onde os incidentes são registrados têm em comum uma alta concentração de população de imigrante e problemas sociais, que se foram agravados pela política de cortes implantada há sete anos pelo governo de direita liderado pelo primeiro-ministro conservador Fredrik Reinfeldt.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade