0

Morre Jordi Solé Tura, um dos pais da Constituição espanhola

4 dez 2009
12h13
atualizado às 12h37

O ex-ministro socialista da Cultura e um dos pais da Constituição espanhola, Jordi Solé Tura, 79 anos, morreu nesta sexta-feira, em Barcelona, depois de sofrer por anos do Mal de Alzheimer, informou o Partido dos Socialistas Catalães (PSC).

Imagem de 2002 mostra Jordi Solé Tura, conhecido como um dos pais da Constituição
Imagem de 2002 mostra Jordi Solé Tura, conhecido como um dos pais da Constituição
Foto: EFE

Jurista e professor, Solé Tura também foi decano da Faculdade de Direito da Universidade de Barcelona e atuou como ministro da Cultura entre 1991 e 1993 no último governo so socialista Felipe González.

Afetado por Alzheimer desde 2004, era considerado um dos grandes nomes da transição polícia espanhola para a democracia.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

publicidade
publicidade