0

Medvedev adverte para risco de retorno da Guerra Fria

18 mai 2011
07h12
atualizado às 08h15
  • separator

O presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, advertiu nesta quarta-feira que Moscou pode abandonar o tratado de desarmamento nuclear com os Estados Unidos, caso não seja alcançado um acordo sobre o escudo antimísseis americano na Europa, o que resultaria em um risco de nova Guerra Fria.

O presidente russo, Dmitri Medvedev, alerta para o risco de uma nova Guerra Fria, em entrevista em Skolkovo
O presidente russo, Dmitri Medvedev, alerta para o risco de uma nova Guerra Fria, em entrevista em Skolkovo
Foto: AP

Medvedev afirmou que a decisão de Washington de levar adiante o escudo antimísseis na Europa, apesar das objeções de Moscou, forçarão a Rússia a adotar medidas de resposta.

"Nós falaríamos então sobre desenvolver o potencial ofensivo de nossas capacidades nucleares. Este seria um cenário muito ruim", disse.

Medvedev também ameaçou abandonar o acordo START de desarmamento nuclear, caso o escudo antimísseis seja desenvolvido sem o consentimento do Kremlin.

Veja também:

Penteado "estilo quarentena" virou coisa do passado
AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade