0

Marido de Elizabeth II é hospitalizado por infecção na bexiga

4 jun 2012
13h18
atualizado às 18h06

O príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II, foi hospitalizado nesta segunda-feira à tarde em Londres por uma infecção na bexiga e perderá o resto das comemorações do Jubileu de Diamante da soberana, anunciou o palácio de Buckingham em um comunicado.

Conheça os principais fatos da vida da rainha Elizabeth II
Veja as joias da coroa britânica

Esta nova hospitalização do duque de Edimburgo, que completará 91 anos no próximo domingo, ocorre apenas cinco meses após a última, durante a qual precisou ser operado por uma obstrução coronária. "O duque de Edimburgo foi transportado ao hospital King Edward VII de Londres nesta tarde a partir do castelo de Windsor, como medida de precaução após sofrer uma infecção na bexiga, que está sendo tratada", anunciou o palácio em um comunicado divulgado durante a tarde.

O texto informa que o príncipe Philip "permanecerá no hospital sob observação durante vários dias". O duque acompanhou na véspera a soberana na Barcaça Real que liderou a histórica procissão organizada no Tâmisa por ocasião do 60º aniversário de sua ascensão ao trono, e permaneceu de pé durante praticamente todo o percurso sob uma intensa chuva e temperaturas quase invernais.

Philip assistiria nesta segunda-feira com a rainha a um grande show organizado em frente ao palácio de Buckingham, sua residência oficial em Londres, no terceiro e penúltimo dia da celebração do Jubileu. O palácio informou que o duque está "decepcionado por perder o show do Jubileu de Diamante e os compromissos de amanhã", terça-feira.

Um porta-voz do palácio disse, por sua vez, que a rainha não perderá o show, no qual serão lembradas musicalmente suas seis décadas de reinado com atuações de artistas como Elton John, Paul McCartney, Stevie Wonder, Kylie Minogue e Jessie J.

A presença da rainha foi interpretada pela imprensa como um bom sinal em relação ao estado de Philip, cuja hospitalização causou consternação entre as pessoas que se encontravam nas imediações do palácio antes do show. "É quase tão importante para a monarquia quanto a rainha", considerou Nigel Hainsworth, presente no local. "Esteve ao seu lado durante 60 anos".

O consorte mais longevo da história da monarquia britânica precisou ser hospitalizado no dia 23 de dezembro por dores no peito, quando a família estava reunida para as festas de Natal em sua habitual residência de Sandringham (leste da Inglaterra), e realizou uma angioplastia.

Desde que teve alta, quatro dias depois, reduziu o número de compromissos oficiais - 300 em 2011 -, como já havia anunciado ao completar 90 anos.

Mas desde março acompanhou a rainha em todas as viagens que ela realizou por seu Jubileu ao longo do Reino Unido, enquanto os membros mais jovens da família realizavam viagens internacionais.

Nascido no dia 10 de junho de 1921 em Corfu, Philip Mountbattet se casou com a princesa Elizabeth em 1947, cinco anos antes de se tornar rainha. Os dois têm quatro filhos em comum - Charles, Anne, Andrew e Edward -, oito netos e dois bisnetos.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade