PUBLICIDADE

Europa

Jovens são presos por racismo após suicídio de aluno negro

Pixações racistas foram encontradas na escola e em um parque próximo ao local, em Liverpool

18 nov 2014 - 11h34
(atualizado às 11h34)
Compartilhar
Exibir comentários
<p>Erik era negro e as ofensas seriam direcionadas a ele</p>
Erik era negro e as ofensas seriam direcionadas a ele
Foto: Daily Mail / Reprodução

Dois adolescentes foram presos em Liverpool, na Inglaterra, por serem suspeitos da autoria de pixações racistas em uma escola, neste fim de semana. O episódio acontece no momento em que a comunidade ligada ao colégio lamenta o suicídio de um aluno negro, que foi encontrado morto no último sábado. As informações são do Daily Mail.

Segundo a publicação, o corpo de Erik Maina, 15 anos, foi encontrado em sua casa horas depois de ele ter publicado "Bye" (em português, "Tchau") em seu Facebook. O adolescente estudava no colégio Maricourt Catholic High School. Durante o fim de semana, funcionários e alunos da escola realizaram uma vigília em sua homenagem. 

No entanto, no início da manhã desta segunda-feira, pixações racistas foram encontradas na escola e em um parque próximo ao local. Um adolescente de 17 anos e outro de 18, que não tiveram as identidades reveladas, foram detidos por serem suspeitos do crime. Erik era negro e as ofensas seriam direcionadas a ele.

Os atos de vandalismo estão sendo investigados. A morte de Erik não passa por investigações, pois - segundo a polícia local - o suicídio já foi comprovado.  

Foto: Daily Mail / Reprodução

Foto: Reprodução/Daily Mail

Fonte: Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade