0

Igreja Anglicana aprova ordenação de mulheres como bispos

Aprovação acontece dois anos após uma tentativa similar ter sido bloqueada

14 jul 2014
14h11
atualizado às 14h34
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>Kat Campion-Spall da igreja de St Mary, em Merton, chora após a aprovação da ordenação de mulheres como bispos, em 14 de julho</p>
Kat Campion-Spall da igreja de St Mary, em Merton, chora após a aprovação da ordenação de mulheres como bispos, em 14 de julho
Foto: Nigel Roddis / Reuters

O sínodo geral da Igreja da Inglaterra aprovou nesta segunda-feira a ordenação de mulheres como bispos, uma medida histórica que a dividia há anos.

A proposta foi aprovada em uma votação realizada em York, no norte da Inglaterra, pelos membros das três câmaras que compõem o órgão executivo da Igreja Anglicana - laicos, clérigos e bispos. As primeiras nomeações de mulheres como bispas podem ser efetuadas já em 2015.

Entre os bispos, houve 37 votos a favor, dois contra e uma abstenção. Já a votação dos clérigos teve 162 favoráveis à medida, 25 contrários e quatro abstenções. Já entre os laicos, houve 152 votos a favor, 45 contra e cinco abstenções.

A aprovação se deu dois anos depois de uma tentativa similar ter sido bloqueada em 2012, quando o sínodo geral rejeitou por seis votos do setor laico a ordenação de bispas após anos de divergências internas entre os setores conservador e reformista.

A Igreja da Inglaterra, surgida de um cisma da católica, é a Igreja mãe da comunidade anglicana, que conta com 80 milhões de fieis em 165 países do mundo.  No entanto, a aprovação desta reforma pelo sínodo inglês não obrigará as outras igrejas anglicanas a ordenar mulheres bispos, embora envie uma mensagem forte.

Na Inglaterra, onde as mulheres podem, desde 1992, ser sacerdotes, a comunidade anglicana busca com esta proposta acabar com sua imagem de Igreja retrógrada, em comparação com a atitude mais progressista de outras Igrejas anglicanas, como em Gales, Estados Unidos, Austrália, Canadá e Suazilândia, que já autorizam a ordenação de mulheres como bispos.

Com informações da AFP e EFE.

Veja também:

O mergulhador paraplégico que ajuda a limpar mar em Israel
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade