0

Cigarro eletrônico pode ter causado explosão em hospital

A britânica Jean Booth ficou gravemente ferida no acidente; Tubo de oxigênio que estava ligado ao seu nariz pegou fogo e causou queimaduras no rosto e na cabeça da vítima

14 abr 2014
16h52
atualizado às 17h02
  • separator
  • comentários

Um cigarro eletrônico pode ter causado a explosão de um tubo de oxigênio no hospital Wythenshawe, em Manchester, na Inglaterra. Com o acidente, uma das pacientes ficou gravemente ferida, segundo informações do The Huffington Post .

<p>Um cigarro eletrônico foi encontrado ao lado do leito de Jean Booth, onde aconteceu uma explosão no tubo de oxigênio</p>
Um cigarro eletrônico foi encontrado ao lado do leito de Jean Booth, onde aconteceu uma explosão no tubo de oxigênio
Foto: AP

Jean Booth, que estava internada no leito para uma operação no quadril, sofreu queimaduras gravíssimas no couro cabeludo e em todo o rosto.

A explosão aconteceu no tubo de oxigênio que estava ligado ao seu nariz e, segundo o hospital, a vítima corre o risco de perder a visão ou até mesmo de morrer.

As causas do incêndio estão sendo investigadas. Nesta segunda-feira, o jornal The Sun divulgou que um cigarro eletrônico foi encontrado no local do acidente.

A polícia local está investigando se o cigarro teria relação direta com a explosão. Se confirmada a hipótese, o hospital deve responder pelo ocorrido. De acordo com a família de Jean, a vítima não fuma.

Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade