0

Conservador recusa opção de tentar formar governo na Bulgária

23 mai 2013
08h34
atualizado às 08h52
  • separator
  • 0
  • comentários

O líder da legenda conservadora Cidadãos para o Desenvolvimento Europeu da Bulgária (GERB), Boiko Borisov, devolveu hoje - logo após recebê-la - o ordem para formar governo que lhe foi entregue pelo presidente, Rosen Plevneliev.

O chefe do Estado entregou a incumbência a Borisov após a vitória do GERB ter ganhado as eleições legislativas do dia 12 de maio, embora na quarta-feira tenha apresentado um recurso de anulação do pleito perante o Tribunal Constitucional por causa de uma suposta violação das leis eleitorais.

Borisov declarou à imprensa que não via nenhuma possibilidade de coalizão, já que após descartar qualquer acordo com socialistas e a formação da minoria turca, o único parceiro potencial, o ultranacionalista Ataka, também foi desprezado por causa de suas críticas à União Europeia (UE).

As eleições búlgaras resultaram em um Parlamento muito fragmentado, no qual os conservadores têm 97 dos 240 deputados, longe da maioria necessária para formar um Executivo e sem possíveis parceiros de coalizão.

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/eleicoes-europa/index.htm" href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/eleicoes-europa/index.htm">veja o infográfico</a>
EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade